A nova iniciativa cria um “hub” de produção original na região

Hoje (27) a WarnerMedia Latin America anunciou que vai produzir 15 filmes originais por ano na região, nos próximos três anos, e cinco deles serão feitos no Brasil. As produções terão o selo Particular Crowd, como parte de um “hub” de produção cinematográfica colaborativa para toda a WarnerMedia Latin America, incluindo as produções para cinema da Warner Bros.

Siga nossas redes sociais:

Sobre o plano

Lançado no ano passado, o Particular Crowd já trabalhou com mais de 100 filmes em inglês nesse período. Para conversar sobre o mercado audiovisual nacional e novos projetos, o Particular Crowd realizou pequenos encontros virtuais entre executivos da companhia e diretores, produtores, autores e atores brasileiros.

“Estas produções fazem parte da nossa abordagem coletiva sobre a produção original na região, na qual reunimos todos os recursos, expertise em distribuição e plataformas disponíveis para desenvolver e produzir conteúdo de forma colaborativa, junto a todas as marcas da WarnerMedia”, diz Peter Bevan, Líder do Particular Crowd. “Nossa missão é descobrir e cultivar talentos com trajetórias diversas, tanto diante quanto atrás das câmaras, para trazer histórias igualmente diversas, que mexem com as emoções de nossos consumidores”.

Para Monica Albuquerque, Líder de Talentos Artísticos e responsável pelo gerenciamento e contratação de autores, atores e diretores para produções de ficção e não-ficção das marcas de Entretenimento Geral da WarnerMedia América Latina, o Brasil tem uma renomada indústria cinematográfica, com uma voz potente, com a qual é importante colaborar, apoiar e nutrir. “Este não é um mercado emergente, é um mercado muito bem estabelecido, pioneiro no cinema. A WarnerMedia Latin America no Brasil já trabalha com diversos talentos e cineastas locais e celebramos as diversas perspectivas que eles trazem para a mesa”, comenta.

Os filmes irão abranger diferentes gêneros como comédia, comédia romântica, terror, suspense e filmes para a família.

Leia também:

Assista também: