No dia 21 de novembro, chega aos cinemas Midway – Batalha em Alto-Mar, um filme baseado numa história real. Essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

elenco Midway - Batalha em Alto Mar teaser

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

Ainda que o tema 2ª Guerra Mundial esteja saturado e tenha sido exaustivamente explorado no cinema, sempre que lança um novo filme fico curioso para ver o olhar do diretor em relação a determinado acontecimento ou fato histórico. É triste ver a crueldade, ganância e ignorância do ser humano, mas ainda assim, longas como esse são um constante lembrete do poder autodestrutivo da humanidade e servem como uma lição de que devemos ser melhores do que os nossos antecessores.

Midway – A Batalha em Alto-Mar conta, ao longo de suas duas horas e dezoito minutos, a resposta dos americanos depois do ataque a Pearl Harbor. O longa explora os oceanos, impressiona com porta-aviões gigantes e entrega batalhas emocionantes e de tirar o fôlego. Só de pensar que tudo isso aconteceu é de se ficar boquiaberto com a coragem, a bravura e as situações pelas quais esses homens passaram.

Com um elenco recheado de estrelas, Midway – A Batalha em Alto-Mar consegue dar espaço para todos os atores se desenvolverem um pouco e marcarem presença no filme. Como já era de se esperar, alguns personagens têm breves participações e ao longo da trama somos impactados com mortes épicas e marcantes.

Confesso ter ficado surpreso ao perceber que em meio a tantos nomes de peso, o protagonismo tenha ficado a cargo de Ed Skrein, que via de regra faz papéis coadjuvantes. Cheio de marra e basicamente reprisando sempre os mesmos trejeitos em seus personagens, o ator foi bem ao dar vida a um aviador naval extremamente talentoso e fundamental para o sucesso da resposta americana.

Além de Ed SkreinLuke EvansPatrick Wilson Woody Harrelson são os grandes destaques do filme. Cada um cumpre um papel diferente e fundamental na guerra. Nem preciso me estender ao falar do talento e qualidade desses atores, que dão um show em tela e te mantêm o tempo todo preso na trama e aflito com o resultado da missão. Esse é um dos principais pontos positivos de Midway – A Batalha em Alto-Mar. O longa tem a capacidade de se manter atrativo e intrigante por duas horas, fazendo com que você se mantenha tenso e na expectativa até o fim.

Quero enaltecer a direção de Roland Emmerich, conhecido por seu trabalho em Independence Day, que entrega cenas de ação lindíssimas. Experiente, o diretor soube trabalhar o caos e a destruição causada pela guerra, e ainda assim, nos deixar fascinados com o mar, a magnitude dos porta-aviões e as incríveis manobras que eram feitas durante a batalha. Saí impressionado e muito satisfeito com o que vi. A fotografia do filme também é belíssima e em vários momentos nos deparamos com planos abertos impressionantes.

Balanceando muito bem o drama e a aventura, Midway – A Batalha em Alto-Mar é um filme que vai agradar aos fãs de 2ª GM, vai presentear o público com um elenco de qualidade e muito bem dirigido e, por fim, vai entregar um roteiro amarrado, cheio de reviravoltas e que conta a triste história do nosso mundo. Recomendo que todos assistam no cinema e que de preferência peguem uma sessão IMAX para apreciar todos os detalhes.