Predadores Assassinos clipe

No dia 26 de setembro, chega aos cinemas Predadores Assassinos, o novo filme de terror da Paramount Pictures. Essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

predadores assassinos trailer

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

Quando um enorme furacão atinge sua cidade natal na Flórida, Haley (Kaya Scodelario) ignora as ordens das autoridades para deixar a cidade e vai em busca de seu pai desaparecido (Barry Pepper). Ao encontrá-lo gravemente ferido, os dois ficam presos na inundação. Enquanto o tempo passa, Haley e seu pai descobrem que o aumento do nível da água é o menor dos seus problemas.

Predadores Assassinos é um filme simples e muito eficiente dentro do que é proposto. Você quer ver um bando de jacarés atacando as pessoas? É isso o que você encontrará nesse longa. Com quase uma hora e meia de duração, a trama se desenrola muito bem, trazendo tensão, medo e muitos sustos.

Filmes como esse são excelentes para conferirmos a qualidade da atuação dos atores. Kaya Scodelario foi muito bem e mostrou ao mundo que é muito mais do que um rosto bonito. Atuando praticamente sozinha a maior parte do tempo, ela gritou, sofreu, chorou, urrou de dor e principalmente, nos convenceu. Adorei a entrega de Kaya, que deu um show ao “enfrentar” os jacarés, a tempestade e todas as dificuldades apresentadas em Predadores Assassinos.

Me surpreendi como o filme, ainda que simples, conseguiu desenvolver a história da personagem, sua relação com o pai, suas habilidades aquáticas e ainda justificar todos os porquês daquela situação estar acontecendo. Predadores Assassinos prova que não é preciso muito para construir um roteiro interessante, bem amarrado e com começo, meio e fim. O longa confirmou a famosa frase de que menos é mais.

Apoiando o protagonismo de Kaya ScodelarioBarry Pepper brilhou nos momentos certos e entregou toda a intensidade e sofrimento que cabia a seu personagem ao longo da trama. O ator foi um excelente coadjuvante e mostrou uma química convincente com Kaya, nos convencendo de que eles eram pai e filha. Gostei muito das duas entregas.

Em termos de efeitos especiais, o longa foi bem ao entregar uma enchente regada de jacarés famintos e agressivos, que surgiam de todos os lados e deixavam um rastro de sangue e mortes por onde passavam. Se você gosta desse tipo de filme, certamente irá se divertir e tomar vários sustos.

Pouco badalado, se comparado às grandes produções de terror desse ano, Predadores Assassinos tem uma estreia modesta, mas que desbanca muitos filmes com orçamento muito maior. Se você gosta desse gênero, é fã dos atores e curte ver os bichos atacando as pessoas, não perca essa estreia. Garanto que você não vai se arrepender!