Turma da Mônica - Laços

Não perca a pré-venda de Turma da Mônica – Laços

Começou a contagem regressiva! Falta exatamente um mês para a turminha mais querida do Brasil estrear em todas as salas do país. Turma da Mônica – Laços, de Daniel Rezende, estreia no dia 27 de junho e a partir de quinta que vem, 6 de junho, começa a pré-venda de ingressos.

Siga nossas redes sociais:

Sobre a graphic novel

O live-action Turma da Mônica – Laços chega aos cinemas seis anos depois da graphic novel homônima ser lançada pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi. Em 2011, a Mauricio de Sousa Produções decidiu convidar essa dupla de jovens e talentosos artistas gráficos mineiros para recriar visualmente o universo de seus personagens mais famosos. Nascia assim a Turma da Mônica: Laços, que se tornou a graphic novel mais vendida do país e conquistou um dos principais prêmios dos quadrinhos no Brasil, o Troféu HQ Mix, nas categorias Edição especial nacional e Publicação infanto juvenil.

A trama do filme segue a essência da graphic novel homônima que a originou. O cãozinho de estimação do Cebolinha desaparece, e seus amigos enfrentam muitas aventuras e riscos para ajudá-lo a encontrar o Floquinho, provando que a amizade é um dos valores mais importantes para unir as pessoas.

“Quando Lu e eu fomos convidados a fazer uma graphic novel da Turma, uma das primeiras coisas que a gente pensou foi: como seria um filme da Turma da Mônica? Queríamos que a história tivesse um clima parecido com o de alguns filmes que marcaram nossas infâncias como ‘Goonies’ e ‘Conta Comigo’. Queríamos também criar uma história que conversasse com a infância de todo mundo. Não importando se essa infância aconteceu há vinte anos, trinta anos, ou se está acontecendo agora. Por isso, a história tem várias camadas. Algumas dessas camadas conversam mais com esse lado nostálgico dos adultos e outras com as crianças atuais”, conta um dos autores Vitor Cafaggi.

“O mais legal da Turma é essa possibilidade da gente encontrar, na simplicidade da ficção deles, histórias tão multifacetadas e delicadas como as do nosso dia a dia”, complementa a coautora Lu Caffagi.

Leia também:

Assista também: