No dia 15 de novembro, chega aos cinemas Tudo Acaba em Festa, um filme estrelado pelo ator Marcos Veras. Essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

trailer de Tudo Acaba em Festa

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

Vlad (Marcos Veras) é um acomodado funcionário que decide organizar a festa de fim de ano da empresa para impressionar sua ex-namorada, Aline (Rosanne Mulholland) e de quebra, melhorar o clima entre os funcionários. Seria uma tarefa fácil se não fosse a resistência dos colegas, que só aceitam participar depois de falsas promessas. Na festa, Vlad é desmascarado e tem que se virar para não perder o controle da situação, seu emprego e o amor de Aline.

Tudo Acaba em Festa é o típico filme pipoca, onde você entra no cinema com o objetivo de se divertir e passar algumas horas leves e descontraídas. O longa é entretenimento puro e te fará morrer de rir. A história em si é super simples, mas diverte ao brincar com as várias áreas das empresas corporativas, satirizando os esteriótipos dos funcionários.

Marcos Veras conduz o filme de forma leve e fluida. O ator entrega um protagonismo que funciona e consegue brilhar em meio a tantos nomes de peso do cinema brasileiro, como Nelson Freitas Stepan Nercessian. Carismático e divertido, Veras consegue brilhar no papel de um cara imaturo, meio atrapalhado, mas que tem um bom coração e erra tentando acertar. O protagonista funciona muito bem e te guia do começo ao fim do filme.

Giovanna Lancellotti é outro destaque de Tudo Acaba em Festa. A atriz tem uma excelente química com Marcos Veras e funciona como um braço direito do protagonista, ajudando nas trapalhadas e cenas engraçadas. Os dois fluem muito bem e entregam uma dinâmica a lá Batman e Robin. Com o sotaque interiorano carregado e um jeitinho inocente e estabanado, Giovanna nos diverte a maior parte do tempo.

Tudo Acaba em Festa é um filme que deveria ser visto em todas as empresas. A forma como o roteiro consegue brincar com as áreas e os funcionários, é hilária. Muitos profissionais vão se identificar nos papéis e vão cair na gargalhada. Todo mundo já teve um chefe chato, um colega mala, trabalhou com alguém coxinha ou até mesmo presenciou algum caso de relacionamento dentro da empresa. Adorei como o roteiro conseguiu trazer a verdade do dia-a-dia para as telas em forma de piada e brincadeira.

Chegando aos cinemas agora no fim do ano, Tudo Acaba em Festa é um filme com uma vibe muito gostosa e que te fará rir e se divertir. Recomendo que você reúna a galera da sua área e vá assistir nos cinemas. Já aproveite e pegue umas dicas do que não fazer na festa de fim de ano da empresa, bele?