Constance Wu - Podres de Ricos

No dia 25 de outubro, chega aos cinemas Podres de Ricos, a nova comédia romântica da Warner BrosPictures. Fique tranquilo, essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

Podres de Ricos segue os passos da nova-iorquina Rachel Chu (Constance Wu) em sua viagem à Singapura para acompanhar o namorado Nick Young (Golding), com quem tem um relacionamento de longa data, à festa de casamento do melhor amigo dele. Animada com sua primeira visita à Ásia, mas também um pouco nervosa por conhecer a família de Nick, Rachel está totalmente despreparada para lidar com alguns detalhes importantes que Nick “esqueceu” de contar sobre a vida dele. A verdade é que Nick não apenas é o herdeiro de uma das famílias mais ricas como também um dos solteirões mais cobiçados do país. Como namorada de Nick, é como se Rachel tivesse um alvo pintado em suas costas bem na mira de invejosas socialites e, pior ainda, da própria mãe de Nick (Yeoh), que desaprova o namoro. Muito em breve vai ficar cada vez mais claro que, embora dinheiro não compre amor, pode definitivamente complicar a vida.

Quero começar dizendo a você que eu não esperava absolutamente nada desse filme e me surpreendi demais. Podres de Ricos te fará rir, chorar, se apaixonar e te fará acreditar no amor ao final da sessão. É muito gostoso o sentimento com que você sai da sessão. Contudo, quero registar que o longa chega ao Brasil com um delay enorme em relação aos Estados Unidos e vem muito pouco badalado e divulgado em relação aos outros títulos da Warner BrosPictures. Tudo isso é uma pena enorme, pois o filme é muito gostoso e merecia ser visto por todos os fãs de comédia romântica.

Podres de Ricos nos leva diretamente para o luxuoso e magnífico mundo dos milionários. Você ficará impressionado e encantado com tanta riqueza e luxo. As locações são tão lindas, que o filme nos leva à sonhar com uma vida como essa. Isso sem contar as inúmeras belezas de Singapura que o farão colocar o destino na sua wish list de viagens.

Com um elenco asiático de peso, Podres de Ricos nos encanta com sua história leve e muito bem desenvolvida. Praticamente todos os personagens conseguiram deixar sua marca e nos mostrar suas principais características. O roteiro conseguiu dividir bem o espaço de cada um em tela, sem perder o foco na protagonista vivida por Constance Wu.

Constance Wu nos traz uma mulher sensível, batalhadora e forte o bastante para encarar humilhações e situações completamente desfavoráveis, e ainda sair por cima delas. A protagonista é admirável e muito carismática. Você se envolve com ela de tal maneira que passa a sofrer junto e comemorar suas vitórias. Henry Golding também vai bem no filme e traz um homem consciente, apaixonado e muito fofo. Adorei a química do casal.

Preciso enaltecer a trilha sonora de Podres de Ricos, que traz versões orientais de sucessos como “Yellow” do Coldplay e “Material Girl” da Madonna. As músicas foram muito bem escolhidas e fizeram toda a diferença. Falando em trilha sonora, quero registrar que a cena do casamento ao som de “Can’t Help Falling in Love” interpretada pela cantora Kira Grannis, me fez chorar. Aquele momento refletiu exatamente o que é o amor de uma forma pura e singela, foi lindo!

Podres de Ricos é uma das melhores comédias românticas do ano, e chega aos cinemas brasileiros como uma adaptação literária que é melhor do que a obra original. O longa já tem uma sequência confirmada e promete continuar emocionando os nossos corações com a continuação dessa história.

Atenção, o filme tem uma cena pós-créditos, portanto, fique até o final, ok?