O Predador

No dia 13 de setembro, chega aos cinemas O Predador, o novo filme da Fox Film. Fique tranquilo, essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

Dos confins longínquos do espaço até as ruas de bairros residenciais, a caçada chega a todos os lugares na reinvenção explosiva assinada por Shane Black da série Predador. Agora os mais letais caçadores do universo estão mais fortes, mais inteligentes e mais mortais do que antes, tendo se aperfeiçoado com o DNA de outras espécies. Quando um jovem acidentalmente causa seu retorno à Terra, apenas uma equipe improvável de ex-soldados e um professor de ciências amargurado podem evitar o extermínio da raça humana.

O Predador é um filme divertido, sangrento, violento e cheio de boas cenas de ação. Contudo, vale ressaltar que você precisa entrar no cinema com a expectativa no ponto certo, senão pode acabar se frustrando e eu explico por quê.

Hoje em dia o trabalho da área de marketing pode ajudar ou prejudicar uma produção. Tudo o que foi divulgado de O Predador, trazia um tom sombrio, de suspense e com uma pegada até de terror, coisa que O Alien faz muito bem. Contudo, uma coisa que me frustrou e chegou a incomodar, foi à quantidade de piadas no decorrer do filme. Confesso que não esperava por isso e no meio da sessão pensei: “tô vendo um pastelão violento”. Dessa forma, repito, se você entrar no cinema com a expectativa certa, O Predador promete te divertir do começo ao fim.

Passado esse desabafo, O Predador é um bom recomeço para a franquia. O longa reaproveita os elementos da mitologia que foram criados com o passar dos anos e renova a história com um elenco cheio de carisma e nomes conhecidos. A todo instante você vai se familiarizar com os rostos em tela, então, por mais que o filme seja um recomeço, a sensação é de familiaridade.

Boyd Holbrook vai muito bem como protagonista. O ator que ficou conhecido por Narcos e depois teve uma boa participação em Logan, ganha espaço para desenvolver o seu protagonismo e dá conta do recado. Mesmo o elenco tendo vários outros nomes mais conhecidos que o seu, ele conseguiu se impor e brilhar em tela.

Olivia Munn também traz todo o girl power para as telas. A atriz entrega uma personagem inteligente, astuta e com um instinto de sobrevivência impressionante. Confesso ter me surpreendido pelo desenvolvimento e curva de crescimento de sua personagem. Em vários momentos Olivia chegou a roubar os holofotes para si. Mandou muito bem!

O queridinho de Hollywood Jacob fofura Tremblay não entregou o seu melhor trabalho, mas ainda assim cumpriu com o que foi proposto pelo roteiro. O jovem ator dá vida a um menino autista que mostra toda habilidade e inteligência para enfrentar a criatura espacial. Numa provável sequência, o personagem só tende a crescer e se desenvolver mais ainda, ganhando mais destaque e espaço na trama.

O novo O Predador traz excelentes cenas de ação e não economiza no sangue. Em vários momentos me senti vendo os combos mais violentos de Mortal Kombat. O longa abraça o estilo trash e gore e joga baldes de tripas, braços e pernas na tela. Se não tiver estômago forte, cuidado para não passar mal.

De modo geral, tirando a frustração com relação às piadas, O Predador é um bom filme de entretenimento. Se você é fã do bicho, gosta do estilo e ainda quer dar umas boas risadas, recomendo, a diversão é garantida.