No dia 09 de agosto, o ator Jason Statham vai encarar o Megatubarão, o novo filme da Warner Bros. Pictures. Fique tranquilo, essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

No filme, um submarino de águas profundas – parte de um programa internacional de observação subaquática – foi atacado por uma criatura gigantesca, que se pensava estar extinta. Agora, ele se encontra incapacitado no fundo da fossa mais profunda do Oceano Pacífico… com a tripulação presa dentro dele. Com o tempo se esgotando, o mergulhador especializado em resgates em águas profundas Jonas Taylor (Jason Statham) é recrutado por um visionário oceanógrafo chinês (Winston Chao), contra a vontade de sua filha Suyin (Li Bingbing), para salvar a tripulação – e o próprio oceano – desta ameaça incontrolável: um tubarão pré-histórico com mais de 20 metros de comprimento conhecido como Megalodon. O que ninguém poderia imaginar é que, anos antes, Taylor já havia encontrado esta mesma criatura aterrorizante. Agora, junto com Suyin, ele deve confrontar seus medos e arriscar sua própria vida para salvar todos os tripulantes… ficando frente a frente com o maior e mais poderoso predador de todos os tempos.

Começo contando a você que sou um grande fã de filmes de bichos gigantes. Ao mesmo tempo que me dá medo, sou fascinado pelo grande predador dos mares. Se um tubarão branco já faz um estrago, imagina se deparar com um megalodonte? O resultado é vinte vezes maior do que estamos acostumados a ver.

Gostei muito da premissa que o roteiro usou para justificar a existência de um tubarão pré-histórico nos dias de hoje. Via de regra os filmes exploram o lado científico que justificam a existência de grandes predadores, mas, em Megatubarão, a descoberta do desconhecido nos faz perceber que nem tudo ficou nos livros de história.

Outro ponto interessante foi o filme fugir da previsibilidade e dos clichês. Em várias cenas você espera que aconteça uma coisa, mas o roteiro vai lá e te entrega outra, o que proporcionou uma experiência muito legal, pois você é surpreendido em vários momentos, principalmente quando o Megatubarão vai atacar.

Falando em Megatubarão, um ponto que me incomodou foi o tamanho do bicho. Os materiais promocionais entregaram um tubarão muito maior do que o que está presente no longa, o que acabou frustrando a expectativa. Além disso, no decorrer do filme tive a impressão de que o megalodonte mudou de tamanho conforme era conveniente para o enquadramento da cena. Em alguns momentos ele é muito grande e em outros ele só é grande. Assista e depois me conte o que você achou.

O grande duelo homem versus monstro foi bem construído. Cheios de frases de efeito e cenas completamente irreais e insanas, Megatubarão nos entregou um Jason Statham mais leve e menos marrento do que estamos acostumados. O ator continua esbanjando vigor físico e protagonizando cenas de ação, mas, esse é um dos poucos filmes que assisti que ele demonstrou ser um ser humano e não uma máquina. Mesmo encarando o perigo, ele trouxe medo, insegurança e até receio para as telas, coisa que não vemos o bombadão fazendo todos os dias.

Tirando o tubarão e Jason Statham o restante do elenco é bem irrelevante. Com algumas piadas para trazer leveza e até alguns dramas que não colaram, os coadjuvantes estavam em cenas para serem devorados ou salvos pelo protagonista, então, nenhum deles merece grande destaque. No geral todos foram bem, mas nenhum foi marcante.

Confesso que tomei vários sustos em Megatubarão. Mesmo apresentando o maior predador dos mares visto até hoje nos cinemas, a direção soube esconder e trabalhar o suspense envolvendo o bicho. Se você tem medo do mar, prepare-se, o longa entrega várias cenas em plano aberto explorando a imensidão do oceano e mostrando o quão insignificante nós somos em relação à fauna marinha. Agora pense nessa insignificância se nos compararmos com um tubarão pré-histórico, é apavorante.

Divertido, fascinante e até assustador, Megatubarão é um excelente filme para quem ama o maior predador dos mares, curte cenas de ação, é fã do Jason Statham e tá a fim de tomar uns sustos vendo os ataques de tubarão. Compre a sua pipoca e boa sessão!