solteirice

Um top 10 pra curtir a solteirice

Hoje (13) trazemos a vocês um top 10 de filmes para a solteirice. Passou o dia dos namorados sozinho? Não tem problema, valorize-se e curta essa lista!

Depois, conta pra gente aqui nos comentários o que achou das nossas escolhas. Queremos saber a sua opinião!

10. Muito Bem Acompanhada – 2005

Nessa adaptação do livro de Elizabeth Young, Kat Ellis (Debra Messing) vive uma mulher que tem problemas em superar seu ex e está prestes a ir ao casamento de sua irmã mais nova (Amy Adams) na Inglaterra. Para não sentir-se desmoralizada pelos parentes e amigos, ela decide contratar um acompanhante Nick Mercer (Dermot Mulroney).

Fica a dica pra quem está solteira e precisa de um parceiro pra causar inveja e fazer os outros babarem, você pode muito bem contratar um!

9. Closer – Perto Demais – 2004

Esse longa retrata as idas e vindas nos relacionamentos amorosos de quatro personagens em Londres – um jornalista, sua musa, um dermatologista e uma fotógrafa. Seus conflitos sexuais, traições, reencontros e desenlaces são o enredo. Confie em mim, depois de conferir essa história, provavelmente você se sentirá muito, mas, muito feliz em estar livre, leve e solto(a).

8. Simplesmente Acontece – 2014

Os jovens britânicos Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Porém, uma surpresa na vida de Rosie faz com que os grandes amigos sejam obrigados a se separar. Muitos encontros e desencontros e talvez certa falta de coragem, fazem com que nos identifiquemos em algum momento da vida, quando não sabemos se o melhor amigo é apenas um amigo, ou o nosso crush e amor de nossas vidas.

7. 500 Dias com Ela – 2009

Quem nunca se viu perdido num relacionamento na complicada disputa entre EXPECTATIVA x REALIDADE? Esse drama apresenta exatamente os dois pontos de vista, pois de um lado vemos a retratação do adulto inseguro e carente, do outro lado, a mulher moderna, livre e focada em seus próprios sentimentos. Tom (Joseph Gordon-Levitt), o cara que encontra o amor de sua vida a cada esquina e Summer (Zooey Deschanel), a mulher totalmente desprendida da necessidade obsessiva de se encontrar em alguém, nos mostram quantas vezes “fantasiamos” situações e sentimentos em nome da incessante procura de um grande amor, mas cá pra nós? Nem sempre ter alguém é uma coisa boa.

6. Trilogia Bridget Jones – (2001-2016)

A solteirona mais famosa do cinema é dona de três filmes encantadores sobre sua divertida e desastrosa vida amorosa. Bridget Jones (Renée Zellweger) é uma britânica trintona que registra em seu diário todas as suas desventuras pessoais, familiares, profissionais e amorosas.

Bridget Jones encara sua solteirice como uma oportunidade de se reinventar e essa é a maior lição que ela pode nos dar, pois somente depois de muito amor próprio é que podemos encontrar um outro alguém para amar.

5. Casa Comigo? (Leap Year) – 2010

Nessa comédia romântica, a americana Anna (Amy Adams) viaja à Dublin na Irlanda, para pedir o namorado Jeremy (Adam Scott) em casamento, pois segundo a tradição irlandesa, o homem não pode recusar um pedido feito no dia 29 de fevereiro. Lá, ela conhece um irlandês charmoso e grosseiro Declan (Matthew Goode), dono de uma hospedaria e totalmente apático à crença romântica de Anna.

Anna nos mostra que se você quer que o seu relacionamento aconteça, você precisa fazer algo a respeito, mas também nos faz pensar naquele ditado: “Cuidado com o que deseja, pois podes conseguir o que queres”.

4. Ele Não Está Tão a Fim de Você – 2009

Gigi (Ginnifer Goodwin) é uma romântica incurável, que um dia resolve sair com Conor (Kevin Connolly). Ela espera que ele ligue no dia seguinte e resolve ir até o bar onde se conheceram, na esperança de reencontrá-lo. Lá ela conhece Alex (Justin Long), amigo de Conor. Ele tem uma visão bastante realista sobre os relacionamentos amorosos e tenta apresentá-la através de seu ponto de vista masculino. Conor é apaixonado por Anna (Scalett Johansson), que o trata apenas como amigo e que se interessa por Ben (Bradley Cooper), casado com Janine (Jennifer Connelly). Outra romântica é Beth (Jennifer Aniston), que namora Neil (Ben Affleck) há 7 anos e sonha em um dia se casar, apesar dele ser contrário à essa ideia.

Todos esses rolos amoroso vão te fazer entender que tudo tem sua hora certa, inclusive o momento de se estar solteiro.

3. Sex and the City 1 e 2 – (2008 – 2010)

Uma deliciosa continuação da série de 6 temporadas – com o mesmo título – conta o relacionamento de quatro amigas, Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker), Miranda Hobbes (Cinthia Nixon), Samantha Jones (Kim Catrall) e Charlotte (Kristin Davis). Elas são mulheres maduras e bem sucedidas que curtiram tudo o que podiam e não podiam na série feita para a TV. Essas amigas mostram a importância da amizade, independente de maridos, romances, parceiros ou o que quer que seja, pois quem sempre teremos ao nosso lado, são os amigos.

2. Pense como Eles – 2012

O filme é baseado no livro “Act Like a Lady, Think Like a Man” (“Comporte-se como uma dama, pense como um homem”) do autor Steve Harvey. A comédia retrata a vida de quatro mulheres que veem suas vidas transformadas ao começarem a ler o livro em questão e usar as dicas do autor Steve Harvey contra seus respectivos pretendentes.

Uma aula para os solteiros que estão à procura do seu cobertor de orelha mas não sabem porque não têm sorte na procura de um amor.

1. Como Ser Solteira – 2016

Quase um “Telecurso 2000” pra mulheres que não sabem ficar sozinhas e acabam sempre se envolvendo em relacionamentos que são furadas, tudo em nome de ter um par, um alguém pra chamar de seu, mas será que isso é realmente bom pra você?

É exatamente isso que a protagonista Alice (Dakota Johnson) mostra quando acaba de sair de um relacionamento e não sabe como ser solteira. No trabalho, ela conhece a animada e baladeira Robin (Rebel Wilson) que é uma especialista no assunto. Alice aprenderá a tirar proveito de seu novo status na cidade de Nova York, onde todo mundo espera encontrar sua alma gêmea.