13ª temporada de Supernatural

Foi ao ar pela Warner Channel o último episódio da 13ª temporada de Supernatural, onde podemos dizer que a série voltou às suas origens. Fique avisado, essa crítica CONTÉM SPOILERS!

13[

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, a 13ª temporada de Supernatural foi boa?

O mundo pode ser dividido entre os que amam a história de Sam e Dean e aqueles que não entendem o porquê a série ainda está no ar. É difícil de acreditar que os descendentes de Buffy – A Caça Vampiros tenham chegado à sua 13ª temporada e mais difícil ainda é que o tenham feito com qualidade. Com diversos erros ao longo dos anos, Supernatural conseguiu entregar uma de suas melhores temporadas criativamente.

Resgatando o padrão de “monstro da semana”, a 13ª temporada de Supernatural remete ao início da série. Sem focar em derrotar um grande vilão (ou deter o Apocalipse), os episódios independentes trouxeram um melhor ritmo para a narrativa, fazendo com que esperássemos ansiosos pela próxima semana. E só assim foi possível introduzir de forma coesa o crossover com Scooby-Doo e o piloto do spin-off Wayward Sisters.

A temporada passada teve um dos finais mais desoladores da série: o plano para deter o nascimento do anti-Cristo falha e Crowley se sacrifica para prender Lúcifer em outra dimensão; este mata Castiel e leva Mary para o mundo apocalíptico. Ficamos então com o vislumbre de Jack, filho de Lúcifer, e a promessa de sua apresentação na próxima temporada.

Introduzir um novo personagem pode ser um tiro no pé e Supernatural sabe bem disso, com a morte de Crowley e Castiel, os fãs poderiam sentir que Jack era uma mera substituição. Vem como surpresa então, que o garoto não só se mostrou um personagem interessante, mas foi amplamente aceito pelo público e já faz parte do Family Business. Jack foi responsável não só por trazer Castiel de volta à vida, mas também despertar novas características em Sam e Dean, gerando o tão necessário alívio cômico.

Outros acertos foram Mark Pellegrino, capaz de nos fazer amar e odiar Lúcifer ao mesmo tempo, e o retorno de personagens amados pelo público para o elenco fixo. Supernatural nunca teve medo de matar personagens (incluindo os dois principais), mas isso não significa que tenham sido boas escolhas ou aceitas pelos fãs. Cedendo aos pedidos, Bobby e Charlie finalmente retornam à série sem que sejam revividos, como diversos outros personagens, trazendo novas possibilidades para a narrativa.

Surpreendentemente, a volta de um dos mais amados personagens foi um acerto e um erro para a 13ª temporada de Supernatural. O Arcanjo Gabriel sempre foi responsável pelos episódios mais engraçados e seu retorno não desapontou, com direito até à uma caçada ao deus nórdico Loki ao estilo Kill Bill. Mas a decisão dos produtores de matar Gabriel (de vez) deixou um gosto amargo, para quê trazê-lo de volta para ser aproveitado em menos de meia temporada?

Entre os fãs de Supernatural existe o consenso de que o verdadeiro herói da série é Dean (desculpa, Sam!) e o destaque desta temporada é todo dele. Tantos anos com o personagem deram a Jensen Ackles o poder de tirar o melhor de Dean em qualquer situação. As cenas mais emocionantes? São de Dean. As cenas mais engraçadas? Dean. Mais absurdamente infames? Dean. Mais bad-ass? Dean.Dean.Dean.Dean.

E adivinha de quem é o cliff-hanger da temporada? Após quase 10 anos, Dean finalmente diz “sim” a Miguel e deixa que o Arcanjo o tome como receptáculo, brevemente, para matar Lúcifer e salvar Sam e Jack. Claro que Miguel não cumpre com sua palavra e passa a controlar aquele que o faz mais poderoso na forma humana. Todos nós, incluindo Castiel, sabíamos o que iria acontecer e ainda sim ficamos esperando que tudo termine bem.

E esse é o poder de Supernatural, capaz de atrair a atenção, lealdade e amor do seu público mesmo após 13 anos. Ao terminar o season finale, tudo o que queremos é a 14ª temporada explorando esse novo Dean/Miguel, com roupas saídas diretamente de Peaky Blinders, enquanto “Carry On My Wayward Son” ainda ecoa na memória.

E você, o que achou da 13ª temporada de Supernatural?