Os Estranhos

No dia 07 de junho, chega aos cinemas Os Estranhos: Caçada Noturna, o novo filme distribuído pela Diamond Films. Fique tranquilo, essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

Uma família recebe a terrível visita de três psicopatas, que transformam suas vidas em um inferno.

Os Estranhos: Caçada Noturna tem uma ambientação muito boa. O cenário limitado ao condomínio de trailers possibilita uma perseguição e tensão psicológica muito boa. Mesmo o espaço sendo aberto e teoricamente amplo, a sequência de acontecimentos vai tornando o ambiente cada vez menor. Não tem pra onde fugir e isso torna as cenas cada vez mais sufocantes e tensas.

Assim como a maioria dos filmes de terror, Os Estranhos: Caçada Noturna, tem um roteiro muito fraco. Tudo e todos estão em tela para morrer, ser atacados, tomar sustos e fugir. Não tem nenhum personagem com propósito, profundidade e desenvolvimento, e isso faz com que o longa não passe de uma sequência de cenas de morte e violência gratuita. Como uma das vilãs diz: “por que não?” e é a partir dessa premissa que o filme constrói a sua narrativa. Por que não matar as pessoas por diversão? Dessa forma, em termos de história o longa deixa muito a desejar.

Quando falamos de atuações e olhamos para um filme como esse, fica claro que vários atores e atrizes de Hollywood se sujeitam a esse tipo de trabalho só para tentar expor cada vez mais a sua imagem e ganhar notoriedade. Em contrapartida, o estúdio sabendo disso, não investe em grandes nomes e acaba recheando o elenco com profissionais fracos e com pouca experiência.

Bailee Madison é a atriz que tem mais destaque no filme. Ela vive a filha rebelde sem causa do casal, e demora muito para engrenar no longa. Sua atuação fica falsa e canastrona, principalmente quando ela tenta fingir ser uma menina má. Não convence. A partir do momento que a personagem está apavorada e lutando pela vida, a jovem até consegue entregar bons momentos, mas nada que mereça muito destaque.

No mais, o restante do elenco é esquecível e medíocre. Todos os outros atores entregam personagens superficiais e que fazem papel de bobalhões em tela só para os bandidos levarem a melhor. Sabe aquele tipo de cena: “olha lá, ele vai morrer”, é bem isso o que acontece.

Sem grandes surpresas, Os Estranhos: Caçada Noturna faz jus ao seu material promocional e acaba sendo um filme ruim, esquecível e que entra no hall cheio de títulos fracos e clichês do gênero do terror. Não recomendo!