Unsane

Já está disponível no iTunes e demais plataformas digitais, Unsane, o novo longa estrelado pela atriz Claire Foy. Fique tranquilo, essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

Unsane conta a história de Sawyer Valentini (Claire Foy), uma mulher que sofre assédio de um perseguidor e involuntariamente vai parar numa instituição mental. Lá ela é confrontada pelo seu maior medo, o que é real e o que é fruto da sua imaginação?

Unsane é um thriller psicológico que te envolve na loucura da protagonista e te faz começar a duvidar da realidade. A partir do momento que Sawyer é internada, ela perde totalmente o controle da situação e embarca numa luta pela sobrevivência. O que é real, o que é fruto da sua imaginação e o que é fruto das drogas e remédios que ela é forçada a tomar? Você como espectador, fica agoniado ao se deparar com todas as questões.

Claire Foy já havia nos mostrado seu talento em The Crown, entregando com perfeição toda a classe, elegância e diplomacia da Rainha Elizabeth II. Em Unsane, conhecemos outro lado da atriz. Foy entrega uma mulher enérgica, com personalidade, agressiva em vários momentos e muito descontrolada. Foi surpreendente ver sua versatilidade em tela. Ela consegue trabalhar as expressões, o olhar e nos envolve na loucura e desespero da personagem. Sem dúvida nenhuma, Claire é uma das grandes atrizes da sua geração e ainda protagonizará longas dignos de Oscar. Que mulher incrível! Fico impressionado com a capacidade de envolvimento e a emoção que ela consegue nos passar através de seus papéis. Sou fã!

Joshua Leonard não fica atrás quando o assunto é talento e entrega. Em Unsane, o ator abraça a loucura e nos apresenta um psicopata assustador. A frieza e apatia de seu personagem são impressionantes. Sua atuação somada a de Claire Foy, proporcionou ao espectador verdadeiros momentos de horror e desespero. Vale destacar que o longa trabalha muito bem as questões psicológicas que giram em torno do antagonista no momento do clímax. A mudança comportamental e a oscilação entre o passivo e o agressivo, são incríveis.

Unsane deu o que falar no Festival de Cinema de Berlim. Todos estavam ansiosos para conferir o resultado do trabalho do diretor Steven Soderbergh, conhecido por trabalhos como Solaris e Erin Brockovich: Uma Mulher de Talento, que inovou ao filmar o longa utilizando apenas a câmera do iPhone. A escolha foi ousada, mas fez toda a diferença na entrega final. Através das lentes do celular, ficamos mais próximos dos personagens, o que proporciona uma experiência imersiva e muito íntima com a insanidade e o desespero. Quando Claire Foy está surtando em tela, nos sentimos na frente dela, o que deixa a cena muito mais intensa e tensa. O recurso abrilhantou ainda mais a obra e foi um diferencial se comparado a outros filmes do gênero.

Por fim, Unsane entrega uma história envolvente, com um elenco de qualidade uma técnica de filmagem inovadora e imersiva. Recomendo que você assista e se delicie com o talento de Claire Foy.

O longa está disponível nas plataformas digitais.