Carnificina

Um dos vilões mais obscuros e aterrorizantes, Carnificina é tão conhecido entre os fãs de Homem-Aranha quanto Venom. Presente em quadrinhos, desenhos animados, jogos e até no desastroso musical da Broadway, o personagem nunca foi apresentado ao universo cinematográfico, mas isso está prestes a mudar. O ator Tom Hardy confirmou a – pequena – presença do vilão no filme solo de Venom, mesmo que a identidade de seu intérprete permaneça em segredo (todas as apostas em Woody Harrelson).

Mas afinal, quem é Carnificina?

Siga nossas redes sociais:

O Psicopata e o Simbionte

Em Amazing Spider-Man #344 somos apresentados à Cletus Kasady, um dos indivíduos mais doentios a receber superpoderes no mundo Marvel. Ainda criança, Kasady matou a avó empurrando-a da escada, tentou matar a mãe jogando um secador na banheira e torturou o cachorro da família até a morte.

Kasady acaba em um orfanato após a condenação de seu pai, preso por espancar a esposa até a beira da morte, e é lá onde se afunda cada vez mais em seu lado violento. Empurra a garota que o esnobou em frente de um ônibus em movimento, mata a administradora disciplinar e incendeia a instituição. O personagem então adota a filosofia que o define: a vida é sem sentido e a única forma de liberdade vem por meio do caos e massacre (sim, ele foi intencionalmente inspirado no personagem Coringa da DC).

Eventualmente, Kasady acaba condenado por múltiplos assassinatos e é na cadeia onde conhece Eddie Brock, que é resgatado por Venom. Em meio à fuga, o simbionte deixa um pedaço seu para trás, que se une a Kasady e dá origem ao Carnificina (Amazing Spider-Man #360).

Kasady e Carnificina têm pensamentos parecidos, compartilham o gosto por matar. Diferente de Brock, que por vezes luta contra o seu alien por questões morais, Kasady tem total controle de suas ações. Pode-se dizer então que os dois são uma mesma entidade, chegando a usar o pronome “eu” para se definir e não “nós”, como é usado por Brock e Venom.

Poderes e Habilidades

Assim como o seu procriador, Carnificina tem o poder de se fundir à qualquer ser vivo, dando-lhe força, reflexos, agilidade, resistência e velocidade sobre-humanas. Além disso, pode gerar teias e manipular sua forma, transformando seus braços em armas.

Também possui fator de cura acelerado ao absorver energia vital de suas vítimas, pode regenerar seu corpo totalmente e não é detectado pelo sentido-aranha de Peter Parker, exatamente como Venom.

Suas fraquezas também são parecidas com as de Venom. Mas, enquanto este se interliga ao seu hospedeiro por meio do sistema nervoso, Carnificina entra na corrente sanguínea de Kasady e se une em nível celular, tornando-os praticamente inseparáveis. Em casos de necessidade, Carnificina pode se abrigar no sangue de seu hospedeiro para recuperar suas forças.

Carnificina vs. Venom

Originalmente, Carnificina foi criado para substituir Venom após a morte de Eddie Brock. Porém, os executivos da Marvel perceberam que o último havia se tornado rapidamente popular e não permitiram sua morte. Como alternativa, criou-se o supervilão como uma versão psicopata de Venom.

O novo personagem foi criado para ser tão forte que supera em muito o Homem-Aranha e Venom, sendo necessário que estes dois coloquem as diferenças de lado e se unam para derrotá-lo. Embora nunca tenha atingido a popularidade de Venom, qualquer leitor de quadrinhos pode atestar que Carnificina foi um dos maiores desafios enfrentados por Peter Parker.

Não são os poderes que realmente distinguem os simbiontes, mas a moralidade. Eddie Brock dificilmente pode ser chamado de inocente, mas mesmo em seus piores momentos, ele não é simplesmente um assassino frio. Enquanto Venom foi capaz de amadurecer para um status de anti-herói ao longo dos anos, Carnificina apenas é guiado pela destruição desenfreada e sua sede de sangue

E você, já conhecia o sanguinário Carnificina?

Leia também:

Assista também: