No dia 11 de janeiro, chega aos cinemas O Destino de Uma Nação, filme que rendeu a Gary Oldman uma indicação ao Globo de Ouro. Fique tranquilo essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

liderança de Churchill

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

O Destino de Uma Nação se passa durante a ascensão alemã na 2ª Guerra Mundial, e nos deparamos com uma Europa em crise e sendo dominada pelos nazistas. Só havia um homem que tinha peito para lutar e salvar a Inglaterra das garras de Hitler, seu nome era Winston Churchill.

Começou a famosa corrida do Globo de Ouro, Oscar e as demais premiações que acontecem agora no primeiro trimestre do ano. A Universal Studios nos trouxe uma história conhecida e que já nos foi contada em 2017 através da visão de Christopher Nolan com o elogiado, Dunkirk. Porém, agora temos um olhar político e dos bastidores desses acontecimentos.

Contra fatos históricos não há argumentos, portanto, não temos como questionar os acontecimentos ou o roteiro do longa. O que nos resta é avaliar a forma como a narrativa foi explorada e o quão eficiente foi o diretor e o elenco em retratar esse acontecimento marcante na história da humanidade.

Joe Wright tem um currículo interessante e com obras de época como Orgulho e Preconceito. Suas lentes conseguiram nos aproximar de uma figura tão cheia de trejeitos e momentos peculiares como foi Winston Churchill. O ex-primeiro-ministro era um personagem caricato e muito importante para os ingleses. Contudo, a forma como o diretor entregou a narrativa foi um tanto quanto lenta e maçante em alguns momentos. Wright enriquece a história com detalhes e a intimidade do protagonista, mas quebra o ritmo da trama que se arrasta em alguns momentos.

Gary Oldman é um ator brilhante e há tempos vem nos provando isso. A forma como ele trabalha com a voz, o corpo, o olhar e a expressão, é extremamente fascinante. Oldman te envolve, emociona e cativa com sua atuação. Churchill estava longe de ser uma unanimidade entre os ingleses, mas por mais bizarro que seja o personagem, tenho certeza que você sairá do cinema sentindo afeição por ele e admirando a sua postura e coragem.

Lily James também participa da produção e é a que mais se destaca do restante do elenco. A bela atriz traz alivio para a trama e quebra um pouco da tensão da guerra. Sua interação com Churchill humaniza o protagonista e o traz para perto do público. Nos enxergamos em Lily e a partir do momento em que os dois começam a se entender, passamos a gostar mais dele.

O longa abre os lançamentos do Oscar 2018 e traz uma trama histórica que vai agradar os fãs do gênero. Se você curte esse tipo de filme, vale a pena conferir no cinema.

O Destino de Uma Nação chega aos cinemas em 11 de janeiro.

Você está empolgado para esse filme? Conta pra gente nos comentários!