Professor Marston

Hoje (14) chegou ao cinemas o novo filme distribuído pela Sony PicturesProfessor Marston e as Mulheres-Maravilhas. Fique tranquilo essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

Uma história de origem como nenhuma outra, Professor Marston e as Mulheres-Maravilhas é a incrível história real sobre a inspiração que levou o inventor e psicólogo de Harvard, Dr. William Moulton Marston, a criar a heroína e ícone feminista Mulher Maravilha.

Todo filme baseado em fatos verídicos são interessantes e importantes para entendermos mais sobre fatos que marcaram o mundo. Com uma visão superior a da sua época, o Professor Marston era um homem curioso, apaixonado e que constantemente quebrava paradigmas e regras impostas pela sociedade.

É curioso pensar que a Mulher-Maravilha foi criada a partir do amor que um homem sentia por suas esposas e que ela é a representação dessas duas mulheres. Uma mistura de ternura e bravura, coragem e ingenuidade, força e fragilidade, são várias as características que o Professor Marston (Luke Evans) utilizou para criar Diana.

Quando surgiu nos quadrinhos, a Mulher-Maravilha representava a libertação da sexualidade da mulher. Marston defendia a liberdade de amar e sentir as emoções sem a opressão e julgamento da sociedade. A mensagem era muito importante e chocante para a época. Não havia puderes e limites para ele e suas esposas. Eles amavam o novo e se excitavam a cada descoberta, tanto que o longa tem um tom sensual e sexual muito forte.

Professor Marston e as Mulheres-Maravilhas tem uma fotografia linda. Destaco a cena a construção da Mulher-Maravilha que foi interpretada pela atriz Bella Heathcote e o lindo take duas mulheres de Marston emergindo da luz como se fossem uma só. É encantador e emocionante.

Sensível, excitante e libertador, Professor Marston e as Mulheres-Maravilhas é um filme verídico e que conta a da maior super-heroína do mundo.

Você está animado para esse filme? Depois que assistir volte para nos contar a sua opinião!