Nesta quinta-feira, dia 23, chega aos cinemas Boneco de Neve, o novo filme da Universal Pictures. Fique tranquilo essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, o filme é bom?

Baseado no best-seller de Jo Nesbø, o longa conta a história de um detetive (Michael Fassbender) que ao investigar o desaparecimento de uma vitima na primeira neve do inverno, passa a relacionar o assassinato a um serial killer. Com a ajuda de uma recruta (Rebecca Fergunson), o policial ligará casos arquivados de décadas atrás com o novo crime na esperança de desvendar o mistério antes da próxima nevasca.

Boneco de Neve tem todo os elementos necessários para um bom filme de suspense, mas infelizmente a direção não soube conduzir a história e acontecimentos de uma forma envolvente e que prendesse a atenção do espectador. O filme inicia e gera uma expectativa de crescimento e desenvolvimento de sua trama, contudo, o que vemos são uma sequência de acontecimentos sem impacto e emoção. A história é jogada em tela.

Michael Fassbender dá vida a um investigador apático, problemático e sem carisma. Em momento algum você se envolve com a jornada do protagonista. O personagem está em tela simplesmente para te guiar até o fim do filme, mas ele não brilha em nenhum momento. Mesmo Fassbender fazendo sua cara melancólica, ele não convence e não encanta.

O elenco como um todo é recheado de nomes conhecidos e importantes, mas que não brilham em tela. Boneco de Neve introduz tramas paralelas que se conectam, mas não engrenam. Tudo é muito morno e sem sal.

A maior decepção do longa é o plot final da história, que acontece sem a menor emoção. A ideia de um filme investigativo é fazer com que o público se envolva com a trama e se surpreenda com a revelação do assassino no final. Infeliz não é isso o que acontece. A sequência final de quando descobrimos quem é o “Boneco de Neve”, é frustrante e totalmente anti-clímax.

Quando o filme termina e você vê os créditos passando, vem um “aff” bem grande nos seus pensamentos e você sai da sala frustrado e decepcionado. Uma pena, pois a expectativa e potencial era grande.

Depois que você assistir volte para nos contar a sua opinião!