Darling Nikki

O demônio é revelado no episódio Darling Nikki!

Na última sexta-feira (10) foi ao ar “Darling Nikki”, o sexto episódio da 2ª temporada da série do Exorcista. CUIDADO, SPOILERS ABAIXO!

Andy não resiste a tentação!

Diferente do que eu imaginava a 2ª temporada de O Exorcista não utilizou a velha fórmula de possessão infantil para sensibilizar o público. A série foi além dos clichês e mostrou como um luto não vivido, pode gerar uma brecha e fraqueza emocional, deixando o mal se aproveitar da situação. Esse foi o caso de Andy. O psicólogo nunca viveu e o luto pela morte de sua esposa e carrega consigo esse assunto mal resolvido.

A princípio o demônio se materializou como Harper, a criança inocente e que seduziu Andy para o lado do mal. Contudo, quando ele começou a lutar contra as ilusões, o demônio foi mais incisivo e tomou a forma de sua falecida esposa Nikki, acabando de vez com o homem e adentrando a sua mente.

O retorno de Maria Walters

Confesso a vocês que fiquei um pouco frustrado com o retorno dessa personagem. Com a queda dos padres conspiradores e a promessa de que o demônio que dominará Maria Walter era poderoso e antigo, gerei uma expectativa de que ela fosse assumir a guerra contra a igreja, contudo, não foi isso que o episódio Darling Nikki nos mostrou.

Quando reencontramos Maria Walters, ela está debilitada e sendo consumida por um câncer terminal. O próprio demônio transparece a frustração com relação a hospedeira. O mais interessante desse momento, foi a revelação de que o mal tem planos para o Padre Tomas. Outro ponto intrigante é, o que Mouse está escondendo? Qual a sua relação com Marcus e será que ela já foi possuída antes?

Tomas o exorcista a ser batido!

Desde a primeira temporada a trama trata Tomas como um talento da igreja e um padre cheio potencial. Prova disso foi o fato dele ter derrotado Pazuzu sozinho. Contudo, a série deixou claro desde o início que estamos presenciando os capítulos de uma guerra entre o bem e o mal e para que um lado saia vitorioso desse embate, o outro terá que perder suas principais lideranças e armas. Tomas é uma arma poderosa que a igreja tem a seu favor, porém, por quanto tempo?

A segunda temporada já nos mostrou uma nova técnica de exorcismo aprendida pelo jovem padre, contudo, será que isso é um dom de Deus ou uma porta que o demônio abriu para adentrar Tomas? Lembre-se que uma guerra é vencida através dos detalhes e estratégias. Sabemos que o mal não dá ponto sem nó. Marcus já alertou Tomas mais de uma vez e com o passar dos episódios as visões vem se intensificando. Será que a temporada terminará com o jovem padre possuído? Será que ele será a pessoa a ser salva ao final do segundo ano? Faça as suas apostas e vamos continuar acompanhando!

O exorcismo vai começar!

Confesso que vibrei com o final desse episódio. A sequência de cenas que culminaram no início do exorcismo foi de tirar o fôlego. Só achei forçado e bem estranho o reaparecimento da mãe de Harper, mas tudo bem vou relevar. Contudo, o ator John Cho mostrou muita qualidade desde o início do episódio até o clímax segurando a mulher na parede.

Gosto muito da química entre Marcus e Tomas. A mistura de jovialidade e experiência faz dos dois uma dupla completa e perfeita. Um tem sede de justiça e não mede consequências pra salvar alguém e fazer o bem, enquanto o outro é sútil, observador, cauteloso, porém, muito astuto e preciso.

Andy está possuído no próximo episódio mais uma batalha entre o bem e o mal se iniciará. Você está animado? Escreva as suas expectativas nos comentários.

Leia também:

Assista também: