a noiva

Já está em cartaz nos cinemas, A Noiva, um filme de terror russo distribuído pela Paris Filmes. Fique tranquilo essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

trailer de A Noiva

Mas afinal, o filme é bom?

O longa conta a história de Nastya uma jovem que viaja para conhecer a família de seu amado. Confiante de que nada pode acabar com a sua felicidade, ela começa a perceber que o estranho ritual de casamento pode fazê-la sofrer e morrer durante o processo.

A Noiva foi uma grande frustração para mim. Fugindo das produções hollywoodianas, o filme russo tinha uma premissa interessante e um trailer que despertava a curiosidade do espectador para ir ao cinema. Porém, o resultado final do trabalho passa longe da expectativa criada.

Como disse anteriormente, a premissa do filme é interessante e é apresentada logo nos primeiros minutos do longa. O problema é que a ideia morre ai. O roteiro não desenvolve e nem aprofunda o ritual, ele simplesmente joga na tela a ideia central e utiliza o restante do filme para replicar as velhas e gastas fórmulas do cinema de terror.

Mesmo caindo nos clichês, a produção não é bem sucedida. A função mínima de um filme de terror não é cumprida. O espectador toma breves sustos e não sai impactado e nem com aquele calafrio na espinha como era esperado. Frustrante! Além disso, o longa abusa da inocência, apatia e ingenuidade da protagonista para entregar cenas sem pé e nem cabeça. Nastya é uma porta e cai nas armadilhas pelo simples fato de ter que se ferrar para a trama acontecer.

O elenco como um todo é plastificado e sem emoção. Todos são muito canastrões e não convencem em nenhum momento. Falta envolvimento com a trama, desenvolvimento dos personagens, aprofundamento da premissa e cenas que façam sentido e tenham coerência dentro da sequência da história.

Uma pena! Reitero que a ideia central era bem interessante. Culpo o diretor e roteirista  Svyatoslav Podgayevsky que não soube trabalhar e desenvolver a premissa.

Você está animado pra esse filme? Depois que assistir volte para nos contar a sua opinião!