Game of Thrones 7x07

Game of Thrones 7×07 – episódio crava o legítimo herdeiro ao trono de ferro!

Ontem (27) foi ao ar o último episódio de Game of Thrones 7×07. Intitulado “The Dragon and the Wolf” o season finale conduziu a série para o seu último ano. CUIDADO, SPOILERS ABAIXO!

Siga nossas redes sociais:

Encontros e reencontros

Uma das melhores coisas da 7ª temporada foi a quantidade de encontros inéditos e reencontros apresentados durante a trama. Em “The Dragon and the Wolf”, pudemos ver quase todo o elenco reunido para a reunião entre as lideranças. É a realização de um sonho ver Cersei, Dany e Jon frente a frente. Game of Thrones sempre teve um viés político muito forte em sua trama e ver o encontro desses líderes resgatou um pouco dessa questão.

season finale da 7ª temporada

O reencontro de personagens coadjuvantes como o Cão e Brienne, Podrick, Bronn e Tyrion também agradou. Vê-los juntos nos faz lembrar do início da série onde a trama estava começando a se construir. A cena é uma mistura de nostalgia e satisfação. Tudo o que sempre sonhamos está acontecendo e isso é gostoso de ver, ao mesmo tempo que dá um aperto no coração por saber que está prestes a acabar.

Não posso deixar de citar o encontro entre o Cão e o Montanha. Há tempos esperamos por um duelo entre os dois, mas pelo visto não vai acontecer. O episódio de Game of Thrones 7×07, os colocou frente a frente, entregou um diálogo cheio de rancor e sede de vingança, mas ficou por isso mesmo. Talvez nos livros Martin entregue a tão sonhada batalha entre os Clegane.

A grande guerra é contra os mortos

Ver grande parte do elenco reunido para presenciar a existência de um White Walker foi um dos destaques do episódio. O olhar de espanto de Cersei e Jaime foi sensacional. Ao mesmo tempo que é fascinante ver um morto vivo, é aterrorizante descobrir que existe um exército com cerca de cem mil homens nesse estado.

Mais alguém teve a sensação de que Jon Snow parecia um apresentador do Polishop? “Para matar um White Walker você precisa queimá-lo ou utilizar esse exclusivo vidro de dragão. Ligando agora você ganha de brinde uma espada de aço valiriano, não perca essa oportunidade“.

Brincadeiras a parte, mesmo Cersei se mantendo dura na queda, ver Jaime aderir a guerra já foi motivo de orgulho. Torço pela redenção do personagem e para que ele abra os olhos em relação a sua amada, pelo visto ele começou a acordar.

A importância da palavra

Desde o primeiro contato com Game of Thrones, tenho uma grande admiração por Ned Stark. Na primeira temporada julgava o antigo Protetor do Norte como o candidato ideal para governar os Sete Reinos. Mesmo morto há tempos, no episódio de Game of Thrones 7×07, conseguimos sentir a sua presença e contribuição para a trama. No review do episódio anterior, discorri um pouco sobre os homens que influenciaram na formação de Jon Snow. No season finale vemos o atual Rei do Norte demonstrar toda a sua honra, integridade, honestidade e fidelidade aos seus votos e juramentos, assim como seu falecido pai (que na verdade é seu tio).

Mesmo diante de seus inimigos, Jon manteve a sua fibra moral e valores. Ele não joga o jogo dos tronos e isso o torna o candidato ideal para governar os Sete Reinos. Ned ficaria orgulhoso.

Ainda sobre o desenrolar dessa cena, ver Tyrion e Cersei frente a frente foi algo interessantíssimo. Os dois personagens que mais se odeiam na série tiveram um diálogo sincero, emocionante e o anão brilhou como nos velhos tempos. Tenho que enaltecer a qualidade desses dois atores que dão um show em tela. Enquanto ela mantem-se dura, amarga e vingativa, ele mostra a verdade e os sentimentos em suas palavras e olhares. Que dupla incrível!

O adeus a Lorde Baelish

De todos os arcos dessa temporada esse foi que mais se arrastou e me cansou. As mentiras e manipulações do Mindinho já haviam extrapolado todos os limites. Finalmente os irmãos Stark se uniram e mostraram para todo o norte o poder de sua casa. Depois de tudo o que eles passaram, não haverão mais boatos ou fofocas que possam abalá-los. A verdade é que o Lorde Baelish já estava fazendo hora extra na trama. Um personagem chato a menos.

Aegon Targaryen

Numa das cenas mais emocionantes do episódio de Game of Thrones 7×07, Bran e Sam nos mostram o flashback com Rhaegar e Lyanna se casando. A guerra dos tronos começou baseada numa mentira. O casal se amava e tudo o que eles fizeram foi para ficarem juntos e viverem esse amor. Jon Snow na verdade se chama Aegon Targaryen, e ele é o verdadeiro herdeiro ao trono de ferro. A cena foi bonita e emocionante.

Em paralelo a essa revelação, vemos o casal Jonerys (Jon + Dany) finalmente consumar a relação que foi se construindo no decorrer da temporada. Mesmo sabendo que eles são parentes, adorei a cena. Ela trouxe um pouco de leveza em relação a todo o caso que rodeiam a trama. Por mais que eu torça por um final felizes para sempre, estamos falando de Game of Thrones, a série que não tem medo de matar os seus personagens. A pergunta que nos resta é, até quando esse casal durará? A grande guerra chegou e ninguém está seguro.

Não existem mais barreiras

O episódio de Game of Thrones 7×07 nos presenteou com uma das cenas mais icônicas de toda a série. Logo nos primeiros minutos da 1ª temporada de Game of Thrones nos deparamos com a grande muralha de gelo. Desde o início a barreira que separa os vivos dos mortos mostrou-se grandiosa e imponente. Vê-la caindo da forma que caiu no final do episódio, foi marcante, chocante e épico. Vocês queriam um dragão de gelo? Tá ai. Agora não existe mais uma proteção e a guerra está prestes a começar, você está preparado?

Game of Thrones encerra a 7ª temporada com um episódio digno da grandiosidade da série. A ansiedade para o oitavo e último ano é muito grande, portanto, fiquem ligados para as novidades que vão surgir!

Obrigado a todos vocês que acompanharam os episódios desse ano comigo. Vamos juntos para a 8ª temporada!

Leia também:

Assista também:

Parte I

Parte II