Fala galera! Hoje é dia de falarmos da 5ª temporada de Orange is the New Black. E a rebelião das detentas continua com tudo. CUIDADO COM OS SPOILERS ABAIXO!

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, a 5ª temporada de Orange is the New Black foi boa?

Os 13 episódios da 5ª temporada de Orange is the New Black se passam em um período de 72 horas e o foco fica nos atos e consequências da rebelião deflagrada pelas detentas após a morte de Poussey (Samira Wiley) no fim da quarta temporada.

Todos os novos episódios já foram liberados pela Netlfix no dia 9 de junho. Desta vez, o foco deixa de ser em Piper Chapman (Taylor Schilling) e quem ganha destaque é o elenco negro e latino, principalmente Taystee Jefferson (Danielle Brooks) e Crazy Eyes (Uzo Aduba).

A quinta temporada ganha um ar menos cômico e a série fica mais tensa com o passar dos episódios. As negociações para atender os pedidos das detentas, os guardas feitos de refém, a invasão do policial Piscatella são os momentos que nos deixam sem ar.

Crazy Eyes é mais um vez um show a parte na trama. Descobrimos porque ela foi parar no prisão e também temos momentos importantes, quando ela faz um momento espiritual onde Poussey foi morta e quando ela fica presa a cama, sendo alvo de chacota das outras detentas.

Sim, a nova temporada pode ser a considerada a melhor de todas. Tivemos uma evolução de vários personagens, uma mudança no escopo da série que também foi muito bem utilizada e todo o drama sofrido pelas detentas com racismo, preconceito e agressão policial.

Os novos guardas também merecem destaque, principalmente Piscatella, que tem sua trama revelada e até nos leva a ficar com dó do grande urso, que acaba tendo um fim indigno.

Com o excelente final, já fica explicito que teremos uma continuação do destino de todas e fica a pergunta, o que acontecerá com Litchfield e suas detentas? A temporada é muito boa e merece mesmo uma continuação.

E ai, o que você achou da 5ª temporada de Orange Is The New Black? Conta pra gente nos comentários.