Alien – Covenant é o mais novo filme da grandiosa franquia de terror e sci-fi criada por Ridley Scott, e brevemente chegará às telonas do cinema.

Xenomorfo

Fala aí, o filme é legal?

Covenant é uma sequência a Prometheus, filme de 2012, que colocou um time para explorar a origem do ser humano no universo. O novo longa acontece 10 anos depois dos acontecimentos na nave Prometheus, e mostra coisas e personagens conhecidos.

Dessa vez, somos apresentados a tripulação de uma nave cujo propósito é colonizar planetas. Após alguns imprevistos, os membros da nave terão que pousar em um planeta estranho, e logo descobrem que estão na casa de um ser especial.

O elenco conta com algumas cara conhecidas, como Guy Pearce, interpretando o dono de um sintético, Michael Fassbender como o robô, James Franco é capitão da Covenant e Danny McBride é o piloto caipira da nave.

Mencionando os atores, cabe dizer que Fassbender é a estrela. Vivendo tanto o sintético de Prometheus, quanto o da nave Covenant, ele faz um grandioso trabalho. Infelizmente, o resto do elenco cai em arquétipos e não possui aquele carisma como em Alien: O Oitavo Passageiro. Alguns personagens são interessantes, mas não espere descobrir muito sobre suas histórias ou motivos.

Não podemos esquecer é claro, o Xenomorfo, o próprio Alien. Todas as cenas em que ele aparece são gloriosas, os efeitos foram usados de forma corretíssima, dando uma vida ao bicho que nunca vimos antes. Com vários tipos de Xenomorfos, as clássicas cenas proliferação, com o filhote saindo do peito, ficam diferentes, e gráficas.

Falando em cenas gráficas, as cenas de violência são fantásticas. Definitivamente, não é um filme pra crianças porque vemos gente decapitada, repartidas ao meio, enfim, destruídas.

Com todos os pontos bons, vem alguns ruins. Tendo em mente que esse filme está conectado com Prometheus, ele não exatamente responde as perguntas feitas nele. Após a primeira metade do filme, é explicado o que aconteceu com Elizabeth Shaw e David. Acontece que as perguntas deles não chegam nem perto de serem respondidas. Para os menos situados inclusive, a segunda metade é confusa em termos de enredo. O final inclusive, é aberto para um próximo longa.

Em suma, Alien – Covenant é em si, um filme ótimo revelando coisas que nunca havíamos visto antes. Sendo uma sequência de Prometheus, deixa a desejar em termos de enredo. Com efeitos especiais gloriosos, alguns atores que se destacam e um fim vago, nos cabe esperar pelo que vai acontecer em uma possível sequência, que ata o que aconteceu nos filmes passados.

Alien – Covenant sai no dia 18 de Maio.

Está a fim de ver o filme? Qual é o seu filme favorito da franquia? Câmbio e desligo.