Fala galera! Hoje é dia de comentarmos o quinto episódio de Prison Break. E parece que a fuga do Iêmen será mais complicada do que Scofield esperava. Cuidado com os spoilers!

Siga nossas redes sociais:

Caçada aos irmãos em Prison Break

No quinto episódio de Prison Break, “Contingency” ou Contingência, continuamos acompanhando a fuga de Michael Scofield e Lincoln Burrows, além de Whip e os outros prisioneiros.

Sara descobre que seu marido Jacob está envolvido com os assassinos do agente Kellerman e que ele pode estar por trás de toda a história do desaparecimento de Michael.

Jacob consegue levar Sara até a delegacia e mostrar que ele na verdade estava tentando prender os assassinos, utilizando um rastreador. Não acredito que ele seja inocente. Imagino que tenha algo por trás disso.

Enquanto isso, C-Note tenta escapar protegendo um dos pilotos no único aeroporto da Cidade, enquanto o grupo terrorista ISIL faz um cerco em busca dos assassinos de Abu Ramal.

Tenho a impressão de ter visto praticamente o mesmo episódio anterior, com poucas mudanças que possam ter algum destaque importante.

A última temporada não vem mostrando nada de excepcional, se compararmos com as primeiras temporadas, que tinham um grande diferencial e que deixava o telespectador ansioso com as prisões e seus planos de fuga.

Podemos ver que temos uma forte conspiração por trás da morte de Scofield, mas nada além disso. Para quem esperava novas fugas, planos mirabolantes e traições, vemos apenas Michael e seus amigos fugindo da milícia terrorista sem grandes alterações na história.

E vocês, esperavam mais da nova temporada? O que acham que está faltando? Digam pra gente o que acharam nos comentários!

Leia também:

Até a próxima!!