O Espaço Entre Nós
O Espaço entre Nós – Asa Butterfield e Gary Oldman dão um show

Hoje vamos falar de O Espaço Entre Nós (Space Between Us), novo longa da Diamond Films que tem estreia prevista para o dia 30 de Março. Fique tranquilo, a crítica é SEM SPOILERS!

Todo bom filme começa com um bom elenco e O Espaço Entre Nós está recheado de excelentes atores e atrizes. Começando por Gary Oldman e Asa Butterfield, além de Britt Robertson e Carla Gugino.

O longa começa contando o início de uma viagem espacial de 6 astronautas que viverão em Marte por quatro anos. E é ai que tudo muda, quando achamos que se trataria de mais um filme de ficção científica no planeta vermelho.

A líder dos astronautas está grávida e acaba dando a luz Gardner Elliot (Asa Butterfield). O menino é o primeiro humano nascido em solo marciano. Após o parto, a mãe  acaba morrendo e ele tem que ser criado pelos cientistas que viviam em Marte.

Após 16 anos, vemos que Gardner deseja fazer uma viagem à Terra para conhecer a verdade sobre seu pai biológico, e sobre seu nascimento e  nesta jornada, ele tem o apoio de Tulsa (Britt Robertson), que acaba conhecendo através de conversas na internet.

E o filme, é bom? Chegamos a conclusão que filme não é bom, é excelente. Temos uma grande interpretação dos personagens e é incrível como Asa Butterfield consegue participar de filmes com tamanha qualidade, como vimos em suas atuações em A Invenção de Hugo Cabret e O Menino de Pijama Listrado. Esse garoto tem muito futuro. Pequenos gestos como o momento que ele conhece a chuva ou quando ele começa a questionar Nathaniel (Gary Oldman) nos deixam de boca aberta!

Gary Oldman, como sempre, traz todo o brilhantismo de suas atuações. O jeito como ele retrata o dono da estação espacial e suas decisões (corretas ou não) sobre Elliot é um adicional importantíssimo para o desenrolar da história.

Já Britt Robertson faz com que o par junto a Gardner combinem bastante, saindo de apenas conhecidos que trocavam idéias pelo computador para um casal completamente apaixonado e que faz o público torcer por eles.

Além disso, é possível também admirar as belas imagens da terra vista de cima, muito bem feitas e que causam uma impressão extraordinária. A trilha sonora também tem um toque especial na trama, ajudando ainda mais na química do casal adolescente.

A história também não fica para trás e deixa o expectador curioso e ao mesmo tempo tenso querendo saber qual será o destino de Gardner. O filme está longe de ser uma ficção. Pode-se dizer que é um romance com alguns toques de drama na medida certa.

Vale a pena assistir O Espaço Entre Nós? Vale muito a pena! Anote na agenda, o longa chega aos cinemas na próxima quinta-feira (30).

Você está empolgado? Depois que assistir, conta pra gente nos comentários a sua opinião!