“We Stand Alone”

A lendária 101ª divisão paraquedista dos EUA enfrentou parte das batalhas mais difíceis no teatro europeu durante a  Segunda Guerra Mundial. Dentro dessa divisão, a Easy Company, parte do 506ª Regimento de Infantaria Paraquedista, conheceu o inferno e os horrores causados pelo nazismo. Uma corporação composta por bravos soldados, que deram a sua vida pela liberdade e democracia, em batalhas como operação Overlord, Operação “Market Garden” e a ofensiva das Ardenas.

Parte dessa história é contada por Steven Spielberg e Tom Hanks na premiada minissérie da HBO Band of Brothers, vencedora de Emmy’s e globos de ouro. Lançada em 2001, a série possui diversas passagens épicas que valem serem assistidas novamente. Nós aqui do Nerdbreak elencamos alguns motivos para você assistir novamente, confira conosco !

1) O lado escuro do Dia D

Antes das tropas aliadas invadirem as praias da Normandia, no famoso Dia D da manhã de 6 de junho de 1944, poucos sabem que alguém estava fazendo o trabalho de garantir rotas e pontos estratégicos de suprimento para os soldados que desembocariam na praia. Parte dessa missão foi feita pelas 82ª e 101ª divisões paraquedistas, na madrugada da Operação Overlord, pela qual a Easy Company fazia parte. Diferente dos tradicionais filmes e seriados que costumam trazer a tona a invasão do Dia D como uma operação impecável, os paraquedistas que caíram em território ocupado francês pelos alemães tiveram diversos problemas: Desde suprimentos que não pousaram nos locais corretos, batalhões dispersos e batalhas imprevistas contra os alemães.

2) Precisão histórica

Quando Steven Spielberg produzia Band of Brothers, baseado na obra literária de Stephen Ambrose, ele tentou retratar de forma fiel, com o mesmo preciosismo de um Coppola ao reproduzir a antiga Nova Iorque de “O Poderoso Chefão II”, os uniformes, as armas e os locais em que a Easy Company combatera. Um desses exemplos é a reprodução da famosa batalha da captura da cidade de Carentan, onda as ruas foram fielmente recriadas com base em fotos originais.

3) O dia a dia dos soldados

Poucas séries e filmes conseguiram retratar tão bem a camaradagem e o sofrimento que os soldados tiveram  durante a segunda guerra. A fadiga, o stress psicológico e principalmente a amizade que os soldados nutriam um pelo o outro são marcas que percorrem e se solidificam a cada episódio.

E você, conhece mais algum motivo para assistir a série?

Leia Também

Have a Jolly Good Day !!!