inicia a rebelião
Rick está de volta e inicia a rebelião!

No último domingo (12), um dos maiores fenômenos da TV mundial retornou com episódios inéditos. Depois da primeira metade da 7ª temporada ser voltada para a construção de Negan, a segunda parte inicia a rebelião e promete muitas mortes e uma grande guerra. CUIDADO, SPOILERS ABAIXO!

Confesso a vocês que estava cansado de ver aquele Rick apático, sem brilho e com medo. O trauma com a morte de Abraham e Glenn foi tão grande, que deixou o protagonista um bom tempo baqueado e sem ação. Mas, graças ao chacoalhão de Michonne, ele está de volta e inicia a rebelião.

O reencontro entre Rick, Maggie e Daryl foi emocionante. A primeira reunião entre lideranças acontece, e Gregory mantem a sua postura medrosa e segue sendo um babaca, porém, os moradores da comunidade se inspiram pelas atitudes de Maggie e Sasha e decidem lutar e então Hilltop adere a rebelião.

Negan acumula várias mortes em sua conta, sendo que as últimas (Olivia e Spencer) foram a gota d’água para que o sentimento de rebelião crescesse no coração de seus submissos. E graças a Jesus (que vem crescendo na trama), o grande encontro que os fãs dos quadrinhos esperavam (Rick conhecendo o Rei Ezekiel), aconteceu.

Ezekiel é um personagem que destoa de todo o enredo. Sua fantasia e teatralidade causam estranheza aos olhos de quem está acostumado a viver num mundo sem regras, cruel e repleto de dor e sofrimento. A paz e calmaria do Reino servem de acalento e ao mesmo tempo renovam as esperanças de um mundo melhor, de um futuro próspero e de uma sociedade começando a se reerguer.

Como já era de se esperar, o Rei dá uma negativa (num primeiro momento) para a proposta de rebelião de Rick. Entendo que tudo o que foi construído no Reino é fruto de muito esforço e trabalho, porém, o que Ezekiel ainda não entendeu, é que Negan e os Salvadores estão prestes a destruir toda essa utopia medieval. Morgan é outro que precisa deixar sua postura budista pacifista de lado e começar a fazer o que é necessário. Entendo que o contraponto entre ele e Rick é importante para que a trama mantenha uma linha tênue entre a razão e a insanidade, porém, em alguns casos temos que agir e não só aceitar a situação.

O Padre Gabriel surpreende a todos com uma atitude que nos remete ao seu eu anterior. Será que ele fugiu mesmo? Pra onde será que ele foi? Aqueles que acreditam numa suposta traição, acalmem-se! O homem de Deus ainda pode nos surpreender de forma positiva. Acredito muito nas palavras de Tara sobre essa situação: “Ele encontrou a coragem para lutar”. Aguardem, vem coisa boa por ai e isso estará diretamente ligado a rebelião.

Finalizando, Rick e seus amigos são cercados por um grupo desconhecido e o protagonista da série dá um sorriso de satisfação. Quem serão essas pessoas? Os Salvadores? Pessoas do Reino? Um novo grupo recrutado por Gabriel? Vamos esperar pra ver!

Vale lembrar que o horário de verão termina sábado (18) agora e a série passará a ser exibida as 23:30 no canal FOX. 

Confira as nossas expectativas para o retorno da 7ª temporada:

Você gostou do retorno de The Walking Dead? Quais são as suas expectativas para os próximos episódios? Conta pra gente nos comentários!

Até a próxima e viva a rebelião!