até o último homem

Ontem (26) chegou aos cinemas o longa que marca a volta de Mel Gibson como diretor aos cinemas, Até o Último Homem. Fique tranquilo, essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

Mas afinal, o filme é bom?

Baseado em fatos reais, o longa retrata a batalha dos americanos contra os japoneses em Okinawa durante a Segunda Guerra Mundial. A trama narra a história de Desmond Doss, um médico do exército que se recusou a pegar numa arma e foi para o campo de batalha com uma única intenção, salvar vidas. Partindo dessa premissa junto com as imagens mostradas no trailer, Até o Último Homem começa te ganhar a partir dai.

Filmes de Segunda Guerra já estão batidos e acabam caindo em vários clichês já mostrados em tela, mas Mel Gibson tem um retorno triunfante para de trás das câmeras e consegue prender a sua atenção do começo ao fim. Sabe aquelas histórias que te deixam tenso, com medo do protagonista morrer e te fazem pular da cadeira a cada cena de ação? Esse é Até o Último Homem.

Falando um pouco sobre o elenco, o filme tem vários nomes consagrados do cinema como Hugo Weaving (o eterno agente Smith de Matrix), Vince Vaughn (conhecido por comédias como Penetras Bom de Bico), Sam Worthington (Avatar), Teresa Palmer (Quando As Luzes Se Apagam) e o protagonista, destaque do filme e indicado ao Oscar 2017 na categoria de Melhor Ator, Andrew Garfield (O Espetacular Homem-Aranha).

Andrew dá um show de atuação nos emocionando em vários momentos, com seus olhares, atitudes e expressões. A pureza, convicção, caráter, fé e coragem de personagem são memoráveis. Ainda não assisti todos longas do Oscar para poder avaliar os concorrentes, mas, me arrisco a dizer que ele é merecedor do prêmio e todo reconhecimento que vem recebendo mundo a fora.

Até o Último Homem certamente estará na lista de Melhores Filmes de 2017. Vale a pena assistir? Vale e muito!

Não deixe de conferir essa história que te emocionará do começo ao fim e servirá de inspiração. Sempre lute por aquilo que acredita, defenda os seus ideias e não desista. Tenha a coragem necessária para levantar todos os dias e batalhar pelos seus sonhos, planos e metas. Quando estiver exausto e achar que não consegue mais, lembre-se que Desmond Doss salvou a vida de 75 homens sozinho, desarmado, no meio de um cenário aterrorizante e não desistiu!

Você gostou de Até o Último Homem? Nos conte a sua opinião e deixe nos comentários quais são as suas apostas para o Oscar 2017!