La La Land in Concert

Na semana passada chegou aos cinemas o novo filme estrelado por Emma Stone e Ryan Gosling, que já faturou o Globo de Ouro 2017, La La Land: Cantando Estações, e nós fomos conferir pra ver se é tudo isso mesmo. Fique tranquilo, esse texto NÃO CONTÉM SPOILERS!

Mas afinal, o filme é bom?

O gênero musical já não agrada o grande publico e partindo desse pressuposto, se você encaixa nessa grande maioria certamente não irá gostar. Gostos a parte, La La Land é um filme sensível, repleto de belas canções, coreografias de dança, cheio de amor e sonhos. Um prato cheio para os românticos e sonhadores.

Dentre toda a beleza da arte mostrada em tela, o longa passa uma série de mensagens e te faz refletir muito nas suas metas, planos, sonhos e prioridades que você dá na vida. O que é mais importante pra você? Até que ponto você está disposto chegar para atingir determinado objetivo? Essas são algumas das inúmeras perguntas que nos fazemos ao nos depararmos com a história de amor entre Mia (Emma Stone) e Sebastian (Ryan Gosling). Lembrando que a vida é feita de escolhas e ao optarmos por algo, abrimos mão de outra coisa, portanto, pense bem qual caminho seguir, pois as vezes ele pode não ter volta ou pode acabar destruindo alguma coisa que também é importante pra você.

Analisando um pouco o filme, La La Land tem ótimas atuações. Ryan Gosling tem o seu charme e importância na trama, mas foram a voz, carisma, desenvoltura e expressões faciais de Emma Stone que me tocaram e envolveram com a trama. Independente de quem está melhor, vale ressaltar que a química entre eles é perfeita.

Do ponto de vista técnico, quero parabenizar todos os profissionais envolvidos nas coreografias, figurinos e trilha sonora. La La Land: Cantando Estações é o típico filme que você sai da sessão cantarolando a música tema do casal e querendo dançar, cantar, se apaixonar e viver um sonho ao máximo que ele possa vivido. “City of stars are you shining just for me?”

Mas Fábio, mereceu o Globo de Ouro? Você acha que o filme leva o Oscar?

Confesso a vocês que ainda não assistir todos os filmes da lista do Globo de Ouro, então seria até injusto opinar em relação a isso. O que posso lhes dizer é: La La Land tem a cara da academia, o que já mais de meio caminho andado para esse tipo de premiação.

Polêmicas e discussões a parte, o filme tem a sua importância e merece ser visto nos cinemas ao lado de uma pessoa especial pra você, portanto, compre uma pipoca grande, abrace a sua companhia e boa sessão.

Não se esqueça de voltar para me contar a sua opinião, ok?