O ano está chegando ao fim e não poderíamos deixar de falar de umas das melhores séries de 2016, The Exorcist. Acompanhamos todos os episódios da 1ª temporada e hoje vamos conversar um pouco com vocês. Fique tranquilo, essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS!

The Exorcist

Siga nossas redes sociais:

Mas afinal, a série é boa?

Depois do fracasso de Damien, série que adaptou o filme “A Profecia” para a TV, The Exorcist corria um risco grande e era vista com olhar de desconfiança pelo público. Como eles iam adaptar essa história sem perder a qualidade do clássico? As dúvidas eram muitas e a produção até sofreu com a pior audiência da temporada no episódio piloto.

The Exorcist não é uma série de terror, longe disso. A constante presença do demônio faz com que não aja sustos e medo, ele é mais um elemento no meio da trama e não uma surpresa. A forma como os roteiristas linkaram a série com o longa de 1973 foi perfeita e gerou um grande plot twist (reviravolta) que nos prendeu ainda mais a história.

Trabalhando um caso de possessão por temporada, o primeiro ano girou em torno da Família Rance e preciso destacar a qualidade da atriz Hannah Kasulka que viveu Casey, a filha mais nova do casal Angela e Henry, dando um show no decorrer dos episódios. Fiquem de olho nessa jovem talentosa, ela tem futuro. Geena Davis (Angela ou Reagan) e Ben Daniels (Marcus) são outros atores que deixaram a sua marca na produção. A primeira teve destaque na segunda metade pro final da temporada, enquanto o ator manteve uma atuação sólida e marcante ao longo dos dez episódios.

Havia uma grande expectativa em cima de Alfonso Herrera (Padre Tomás), que vem crescendo na carreira e ganhando cada vez mais destaque por onde passa. Dando viva a um inexperiente padre, seu personagem começa tímido, sem sal e vai crescendo com o decorrer da trama. Poncho tem qualidade e encerrou a 1ª temporada muito bem, agora resta esperar que ele mantenha esse nível no próximo ano da série, que ainda não foi confirmado.

Se você ainda tem dúvidas se deve ou não assistir The Exorcist, aceite esse conselho vindo de uma pessoa que tem medo de filmes de terror, dê uma chance. A série trabalha muito bem o seu roteiro e personagens, inovando, te cativando e prendendo a atenção sem perder sua essência e origem. Com certeza essa é uma das melhores novidades de 2016 e que merece uma continuação.