O novo filme da Saga Harry Potter, Animais Fantásticos e Onde Habitam, gerou muitas perguntas sobre a expansão do universo que foi mostrada. Resolvi então trazer em alguns textos para vocês mais detalhes do mundo mágico de J. K. Rowling. Nesse especificamente, contarei mais detalhes sobre Congresso Mágico de Nova York, chamado Macusa.

Para quem não sabe, o Macusa é como se fosse o Ministério da Magia na Inglaterra, mas ao invés de escolher um ministro como líder, tem um presidente bruxo.

Fundado em 1693, esse Congresso Mágico é sediado em um prédio na Broadway, de estrutura de aço e granito com um interior gótico. A escolha do local “real” representado no filme foi feita por J.K., porque afinal,  ela mais do que ninguém sabe o que melhor se encaixa na história, não é? Além disso, ela é grande fã de Nova York, e disse que conhece cada cantinho importante.

congresso mágico

Podemos dizer que a riqueza dos detalhes do interior é bastante similar ao que encontramos em Hogwarts e o Ministério da Magia. J. K. Rowling quis ressaltar que os bruxos americanos também tem um lado arcaico e gótico, bastante apegados aos detalhes nas suas construções. A decoração do interior tem molduras enormes, estátuas de ouro, um grande relógio central, entre outras artes.

O logo do Macusa também foi pensado com todo cuidado. Vocês sabiam que ele foi a primeira arte criada pelo estúdio de design para o filme? Pois é, o artista usou a Fênix e a bandeira americana como destaque, com objetivo de passar uma imagem de tradição e história (algo que os americanos estão super acostumados a encontrar nesse tipo de órgão, então foi uma forma de fácil associação).

congresso mágico

Saindo um pouco da arquitetura e design, o Congresso Mágico dos Estados Unidos tem muitas áreas e funções para estabelecer e controlar as leis bruxas no país.

O Departamento  de Investigação Central por exemplo é onde a presidente Picquery e seus aurores (inclusive Graves) se encontram para discutir a repentina onda de acontecimentos estranhos em Nova York. Lá existe um indicador de feitiços em tempo real que mostra todos as atividades mágicas em todos os estados americanos. Incrível, não é? Como o mundo bruxo na América vive reprimido e escondido, essa é uma forma dos profissionais de lá garantirem que todos estão usando magia da forma correta. E ah, lá tem também a Sala de Digitação, onde Tina trabalha.

congresso mágico

Para os bruxos malfeitores, O Macusa tem  Celas da Morte, onde inclusive Tina e Newt ficam presos aguardando suas sentenças. Se vocês repararem, em Londres não há pena de morte: o criminoso é enviado para Azkaban e lá fica até o último dia de sua vida. Como as próprias leis dos não majs americanos envolve sentença de morte, J. K. Rowling achou interessante replicar a mesma coisa para o mundo mágico também.

E para concluir as áreas do Congresso, não podemos deixar de falar Salão Pentagrama, vocês se lembram dele no filme?  É o local para onde Tina leva a Maleta e expõe Newt aos aurores. Essa sala é uma espécie de conselho de emergência onde bruxos de todo o mundo se reúnem para decisões importantes.

congresso mágico

Bom amigos, eu vou ficando por aqui. Ainda essa semana eu volto com mais detalhes desse lindo universo apresentado no filme.

Me contem o que acharam, e caso tenham mais informações sobre o local comentem no post.

Até breve!