The Exorcist 1×05 – Reagan está de volta!

Na noite da última sexta-feira (21), The Exorcist 1×05 exibiu o quinto episódio dessa temporada. Intitulado “Through My Most Grievous Fault” ou “Através da minha falha mais grave”, a série se conectou com o clássico filme de 1973. Preparem os corações e CUIDADO, SPOILERS ABAIXO!

Siga nossas redes sociais:

Tudo o que foi construído no quarto episódio foi por água abaixo em “Through My Most Grievous Fault”. Os padres Marcus e Tomas iniciam o exorcismo tentando salvar a vida de Casey, que segue sendo torturada e castigada pelo demônio que a possui. Desde o início da série, esse é o momento que todos nós esperávamos. O embate entre o bem e o mal se inicia de forma clássica e com alguns pontos surpreendentes.

Experiente, Marcus conduz o ritual que tem pausas e oscilação entre momentos altos e baixos. É massante e tortuoso para a família ver a jovem numa situação tão grave. A sensação de impotência e falta de chão corrói cada membro da casa. Mesmo sendo o mais debilitado psicologicamente, Henry apresenta uma serenidade e fé exemplar, apresentando momentos mais lúcidos que a esposa e outra filha.

Angela segue confiando nos padres e procura se distrair com as memórias do passado, enquanto Kat tenta fugir da realidade trancafiada no seu quarto e ouvindo música. A filha mais velha do casal se mostra descrente ao procedimento que está sendo adotado na casa e em contrapartida, confronta a mãe numa frase que discutiremos mais a frente: “quem vive o passado tem medo de encarar o futuro”.

Diferente de Marcus, Tomas apresenta sua fraqueza, incerteza e acaba titubeando na fé, o que torna sua presença no ritual um grande fracasso. Sua relação com Jessica que parecia resolvida, se consuma depois da tentação do demônio, que decepção!

Sozinho, Marcus usa de todos os seus recursos para vencer o inimigo e salvar a vida de Casey. Numa cena empolgante e de qualidade, o padre excomungado protagoniza um dos pontos mais altos da série, mas fracassa na investida e acaba sendo preso pela polícia depois da denúncia de Kat, que inocentemente age na tentativa de ajudar a irmã mais nova. Que erro Kat!

Carregando um mistério desde o início do episódio após a conversa com o demônio, Henry confronta Angela com a frase: “você precisa confessar”. A frase se conecta com o pedido constante da entidade demoníaca: “Traga-a pra mim”. Quem ele quer? Por que está usando Casey? Vamos ao plot twist (reviravolta) do episódio de The Exorcist 1×05.

Arrependido, Tomas pede perdão de seus pecados no corredor central da igreja. Para nossa surpresa, Angela aparece e pede pra se confessar. Em linhas gerais, ela começa a contar um episódio traumático do passado e acaba trazendo a verdade a tona, num plano sequência que homenageia o filme de 1973. Diretamente do clássico, a mãe de Casey revela que seu verdadeiro nome é Reagan MacNeil, conectando a história como uma continuidade do longa original.

Casey fugiu. A mãe de Reagan chegou. Marcus afirma: “ele está vindo”. Tomas fraquejou na fé e Angela revela a verdade por de trás disso tudo. O que podemos esperar dos próximos episódios? A continuação de uma história que vem numa crescente e está surpreendendo pela qualidade da trama.

Você está gostando da série? Continue acompanhando The Exorcist com a gente e deixe a sua opinião nos comentários.

Leia também:

Assista também: