stranger things

Na sexta-feira, dia 15, de Julho estreou a nova série original da Netflix, a 1ª temporada de Stranger Things, nova série original da Netflix. Fique tranquilo, essa crítica NÃO CONTÉM SPOILERS.

Mas afinal, a série é boa?

Ambientada nos anos 80, a trama da 1ª temporada de Stranger Things conta a história do desaparecimento misterioso de Will, o que acaba mobilizando completamente a pequena cidade de Hawkins, Indiana. Sua mãe e irmão, a polícia, seus pequenos e valentes amigos, todos acabam se envolvendo num mistério que vai sendo desenrolado ao longo dos oito episódios.

Criada pelos Irmãos Duffer, a série acerta no tom, roteiro e principalmente no elenco. Os fãs de cinema certamente irão se deliciar com uma história cheia de referências a filmes clássicos como Os Goonies, A Coisa, E.T., Super 8 e muitos outros longas.

São as crianças que roubam a cena na 1ª temporada de Stranger Things. Mike, Lucas, Dustin e Eleven desenrolam a trama com seu espírito de equipe, de aventura e acima de tudo, pela amizade. É completamente envolvente a forma como o roteiro explora a inocência e pureza dos pequenos para lidar com um assunto tão sério como um desaparecimento e possível morte.

A inconformidade do grupo diante dessa situação, faz com que eles lutem para encontrar uma saída e salvar a vida do amigo. Outro ponto positivo para os atores mirins, é a relação entre Eleven e Mike que te faz lembrar de filmes como Meu Primeiro Amor e ABC do Amor. A pureza do sentimento e a forma como ele vai crescendo e se desenvolvendo, encanta e te faz torcer pelo pequeno casal.

Ainda sobre Eleven, sua história nos remete a origem de Magneto na franquia X-Men, o que faz os nerds pirar com referência. Prestem atenção nessa menina, ela tem um futuro promissor na TV, cinema e no que ela se propuser a fazer. Um beijo pra você Millie Brown sua linda!

Não podemos deixar de falar de Winona Ryder que é o nome de peso dessa produção. A talentosa atriz te convence do começo ao fim e faz você se desesperar, passando a crer que Will realmente está vivo e ela não está louca. O também veterano David Harbour que interpreta o delegado Hopper, tem uma entrega bacana. Você inicia e termina a série como ele, descrente e cético no começo, para depois abraçar o misterioso sobrenatural e improvável ao final da trama.

Rapidamente falando dos adolescentes, Natalia Dyer (Nancy) e Charlie Heaton (Jonathan) protagonizam boas cenas e tem destaque em alguns momentos. Gostaria de vê-los mais tempo em tela para acompanhar o crescimento de seus personagens.

Pontos positivos: a trama, as referências, o elenco mirim.

O ator Matthew Modine já confirmou que haverá uma segunda temporada, ainda sem data de lançamento prevista. Você gostou da 1ª temporada de Stranger Things? Deixe a sua opinião nos comentários!