Barry x Zoom,  a corrida pela vida!

Para a nossa tristeza acabou a 2ª temporada de The Flash. O episódio intitulado “The Race of his Life” ou “A Corrida de sua vida” finalmente coloca Barry x Zoom, o assassino de seu pai. Caso você ainda não tenha assistido ao episódio, peço que volte para ler esse post depois que estiver atualizado. CUIDADO, ALERTA DE SPOILERS ABAIXO!

Para o desespero de Barry, Henry Allen foi assassinado ao final do episódio anterior. Iniciamos o season finale do exato momento em que a morte acontece, e conseguimos reviver aquela cena captando um pouco mais da emoção e choque do pobre Flash. Zoom é um grande vilão, isso é um fato. Sua mente deturbada e distorcida fazem dele um inimigo frio e sádico, diferente do invejoso Flash Reverso da primeira temporada, que admirava o nosso herói e o ajudava a se tornar um grande velocista para depois derrotá-lo. Já Zoom não, o falso Jay só quer provar o seu ponto de vista e superioridade diante de tudo e de todos.

Barry está destruído por dentro, tudo o que ele mais amava lhe foi tirado. O jovem herói está sem chão, sem cabeça, movido simplesmente por pura vingança e impulsividade, elementos esses que sacramentariam sua morte nas mãos de Zoom. No decorrer de toda a temporada o Team Flash serviu de grande valia para o crescimento e amadurecimento do herói. Cada um de alguma forma, tendo a sua importância única e representando muito na vida de Barry.

Wally finalmente descobriu o rosto de seu salvador. Diferentemente do que eu imaginava, o mimado e inconsequente garoto que se apresentou na temporada, foi ganhando sensibilidade e também amadurecendo no decorrer da trama. A reação dele me surpreendeu e agradou. Gostaria de vê-lo se desenvolver ao longo do próximo ano, mas confesso que Jesse Quick me intriga e parece mais promissora do que o jovem.

Com base na fragilidade emocional de Barry, chegou a hora do seu time tomar as rédeas da situação e deixar o nosso herói de escanteio. Contra sua vontade, o Flash é aprisionado enquanto seus amigos traçam o plano perfeito para derrotar Zoom de uma vez por todas. Mas, não subestimem o vilão, ele já provou mais de uma vez que é capaz de proporcionar reviravoltas de tirar o fôlego. Dito e feito, Joe é capturado quando o plano dá errado e chegou a hora de Wally salvar o Flash e juntos eles salvarem seu pai.

Barry x Zoom! A corrida pela vida é emocionante e eu diria épica. O plano de Zoom é simples, destruir o multiverso e reinar na Terra-1, mas é claro que isso não ia acontecer não é mesmo? Com a ajuda de um remanescente do tempo, Barry conta consigo mesmo para derrotar o vilão e ainda fazê-lo ser capturado pelos Espectros do Tempo que levou os fãs de quadrinhos a loucura com o visual do personagem.

the-flash
Zoom fica com o visual igual ao do Flash Negro no episódio “The Race of His Life”.

O mistério que faltava ser revelado veio atona. Para nossa alegria e tristeza de Barry, o homem que estava na máscara de ferro se tratava do verdadeiro Jay Garrick, originário da Terra-3. O velho herói é a doppelganger de Henry Allen, o que mexe e muito com o coração ferido do Flash. Vocês curtiram o visual? Eu adorei!

Quando pensávamos que finalmente Íris e Barry iniciariam um namoro, o drama da série teve que continuar e nos levar para a próxima temporada não é mesmo? Destinados a ficar juntos, o casal deu um beijo tímido (muito por conta da tristeza de Barry) e sacramentou o que nós esperávamos: “vá se curar, resolver aquilo que te aflige e volte que eu estarei te esperando”. A frase da moça nos deu esperança e chegou a emocionar, porém, deixando tudo o que ele conquistou para traz, o jovem herói corre seguindo seu coração e faz a pior besteira de todas, ele salva sua mãe dando o gancho para o arco Flashpoint que será contado na próxima temporada.

Você gostou do episódio? O que achou do confronto Barry x Zoom? Sentiremos saudades de The Flash. A série retorna com episódios inéditos só em Outubro, enquanto isso só nos resta esperar.

Até a próxima e Run Barry Run!