The Flash 2×21 – Fica frente a frente com a Força da Aceleração!

Faltando apenas dois episódios para o fim da 2ª temporada, chegou a hora de falarmos como foi o episódio The Flash 2×21 – “The Runaway Dinosaur”. Se você não está atualizado, peço volte para ler esse post depois que assistir. CUIDADO, ALERTA DE SPOILERS ABAIXO!

Siga nossas redes sociais:

Já era de se imaginar que Barry não havia morrido, afinal, se isso acontecesse a série acabaria. Mas, pra onde ele foi? Ele viajou no tempo? Está em outra Terra? Foi para Matrix? E é mais ou menos na linha da última opção. Barry foi para dentro da Speedy Force ou Força da Aceleração. Esse episódio de The Flash 2×21 trouxe um momento entre criador e criatura. Vou explicar a vocês.

A Speedy Force “chama” Barry para colocá-lo cara a cara com as pessoas que ele mais ama e confrontar seus “demônios”. Quem dera fizessem isso em Arrow, assim o Oliver pararia com essa apalhaçada de constantemente se culpar e acabaria com todo o mimimi do Olicity, mas, voltando a Flash. Nessa realidade paralela, o nosso velocista conversa com a fonte de seus poderes através da imagem das pessoas que ele ama. Joe, Henry, Íris e Nora. Sim, a mãe dele está de volta, para de uma vez por todas enterrar esse rancor e acalmar o coração do jovem herói.

Em paralelo a isso, Wally e Jesse são encontrados desacordados após terem sido atingidos pela explosão do acelerador de partículas. Para frustração de todos, o jovem acorda e levanta como se nada tivesse acontecido. Já a filha de Wells entra no mesmo coma que Barry quando ele foi atingido pelo raio. Será que veremos Jesse desenvolver seus poderes antes de Wally? Com o fim da temporada, duvido que eles enrolem em mostrar esses dois correndo. Talvez os uniformes fiquem para a próxima ou sejam mostrados no um minuto do capítulo final. Enfim, vamos esperar pra ver, mas já adianto que isso está me empolgando.

O vilão da semana, que diga-se de passagem são na sua maioria péssimos. Não me crucifiquem! Amo The Flash, mas confesso assistir pelas relações entre personagens e pelo vilão da temporada. Os casos da semana são sempre muito fracos e beiram o cospobre, com exceção do Tubarão-Rei que eu adorei e o Gorila Grood que vai voltar em breve causando destruição. Mas, voltando…essa semana temos um zumbi em Central City. Um zumbi? Sim! O ator Greg Finley volta para reprisar seu papel como o vilão Viga só que agora numa versão zumbificada. Cisco até menciona The Walking Dead para explicar a volta do personagem. Preciso registrar que eu adoro as inúmeras referências que eles usam na série. Farei um post especial sobre isso, fiquem ligados.

Depois de confrontar seu passado Barry recupera sua confiança e seus poderes. Ele é o escolhido da Speedy Force e certamente irá voltar e derrotar Zoom. Confesso que sempre me emociono quando dizem: “Run Barry Run”. Em especial, nesse episódio a frase motivadora foi dita por Nora, o que tornou o momento ainda mais emocionante. Quem gostou? Confesse, escorreu uma lágrima dos seus olhos essa hora não é mesmo?

Ainda falando de momentos emocionantes, ver Íris servindo de âncora para traz nosso herói de volta foi lindo. Me empolga ver esse casal tão aguardado dar indícios que vai sair da friendzone. Vê-los de mãos dadas e dividindo um guarda-chuva me fez torcer pelo beijo, pena que o nosso herói não é tão rápido assim. Ficou devendo, mas tudo bem.

Você gostou do episódio The Flash 2×21? Quais são as suas expectativas para os dois últimos capítulos? Deixe a sua opinião nos comentários!

Até a próxima e Run Barry Run!